quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

ANTIGAS NOVIDADES NO ESPORTE


HÓQUEI SUBAQUÁTICO

Os Jogos Olímpicos de Verão de 2016, oficialmente Jogos da XXXI Olimpíadas, ou no popular Olimpíadas, terá seu novo porto na Cidade Maravilhosa do Rio de Janeiro.
Além de toda beneficie e legado construtivo que pode ser deixado, as Olimpíadas também nos convida a conhecer outros esportes menos divulgados e que almejam ansiosamente sua vez naquele que é o maior encontro de jogos no planeta. Dentre eles, o Hóquei Subaquático.


Criado pela marinha inglesa nos anos 50 para exercitar seus mergulhadores e, posteriormente, difundido e aprimorado por Alan Blake, no recém-formado Southsea Sub-Aqua Club, em 1950. Inicialmente Blake jogava no clube com outros mergulhadores incluindo John Ventham, Jack Willis, e Frank Lilleker em Eastney Piscina, Portsmouth, na Inglaterra. 


Este desporto foi batizado de "Octopush" (ainda conhecido por esse nome no Reino Unido) já que tinha em disputa duas equipes de oito jogadores ("octo"), com um pequeno taco chamado de "pusher" (daí o nome Octopush).  

Atualmente o Hóquei Subaquático é disputado por duas equipes com seis jogadores para cada lado e quatro no banco de reservas. Jogado em uma piscina com 1,8 a 3 metros de profundidade. Os participantes usam máscaras de mergulho, touca, nadadeiras, luvas, snorkel,e um taco de madeira. Assim, as equipes tentam acertar o disco de hóquei e fazer o gol,  tudo isso, no fundo de uma piscina,  sem cilindro de ar, em pura apneia.

O jogo é simples e prático; os jogadores devem colocar o disco dentro de uma baliza em forma de calha com 3m de comprimento para marcar o chamado gol aquático. Aí é só sair para o abraço, ou melhor emergir, respirar e comemorar!

Como esporte, ainda é muito desconhecido no Brasil, inexistente como modalidade de competição. Existem algumas escolas que o praticam nas aulas de Educação Física, mas ainda de forma inibida. Atualmente é praticado em quase todos os países da Europa com destaque Reino Unido, França e Holanda, maiores potências. A nível Mundial temos a África do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Colômbia, Estados Unidos da América e Canadá.


10 comentários:

Cau Au Au disse...

Praticar este esporte no calor do nordeste ia ser uma maravilha.....

17 de fevereiro de 2011 07:20
Giovani Mattiollo disse...

Meu deus. Já tinha visto coisa estranha, mas isso é demais! haha
Quem inventou isso, sinceramente, é louco... Mas deve ser emocionante, a gente nem sua, hehe.

Abraço

http://gremista-sangueazul.blogspot.com

17 de fevereiro de 2011 09:07
Ronei disse...

Esse Esporte parece ser interessante, nunca tinha visto falar.

Um abraço,

Ronei
Atlético Mineiro o Blog Vingador
http://atletico-mineiro.blogspot.com/

17 de fevereiro de 2011 09:07
Net Esportes disse...

nossa ... nunca tinha visto !!!!

Eu não acho errado o surgimento de novos esportes como este, mas daí a fazer parte de uma Olimpíada acho exagero ....

17 de fevereiro de 2011 09:33
Kaique Pedaes disse...

Como meus amigos acima, eu nunca havia visto isso

Deve ser legal a atividade, e eu espero que como o rugby, isso se torne grande no Brasil, hehe

Abraço

www.net-esportes.blogspot.com

17 de fevereiro de 2011 15:36
Kaique Pedaes disse...

Jean, e a resposta para a minha pergunta sobre o FLASH DO NORDESTE?

19 de fevereiro de 2011 04:37
★ Futvídeos ★ disse...

► Olá! Você tem interesse em fazer parceria conosco?
http://blog.futvideos.org

19 de fevereiro de 2011 14:58
Jean Francisco disse...

Segunda-feira estou mandando o primeiro texto Kaique, desculpe-me pela demora.
Abs
Jean Francisco

19 de fevereiro de 2011 16:43
William Tavares disse...

Realmente seria bem-vindo esse esporte no Nordeste. Mas fazer parte de olimpiada realmente seria exagero.

Equipe Blog Gol de Mão
www.bloggoldemao.blogspot.com

19 de fevereiro de 2011 16:43
Jean Francisco disse...

Sim, amigo do Futvídeos, vamos nessa parceria.
Abs
Jean Francisco

19 de fevereiro de 2011 16:44