quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

CAMPEONATO BAIANO








Apresentações e despedidas.



O Ba-Vi do domingo, dia 06, surge com o vai e vem de jogadores e repleto de situações apimentadas.




No Bahia, a notícia mais recente é a rescisão contratual do artilheiro Jael, um dos responsáveis pelo acesso do tricolor à primeira divisão e artilheiro do time.


O atacante agrediu o gerente de futebol André Araujo com um soco na cara, sem clima e condições emocionais de permanecer no clube, foi desligado de forma consensual entre as partes. O impressionante nessa história não foi a saída do jogador, nem mesmo o fato censurável da confusão que acabou em agressão física. 


O Lamentável é ouvir do jogador que não se arrepende da violência, e pior, o clube propor uma negociação de fim de contrato. É justa causa e pronto! Corra atrás de seus direitos na justiça, lutador, ou... Quero dizer, jogador. Agrediu perdeu a razão, ou então, vamos montar um ringue de vale tudo e quem bater mais está com a razão!

Para gerir um clube com modelo de empresa é preciso muito mais que mudar estatutos e criar parcerias, é necessário rever conceitos, instituir parâmetros que sejam superiores ao status de pop-star, de celebridades. Numa empresa, somos funcionários, colaboradores e não estrelas. Ou profissionalizamos de verdade o futebol, ou continuaremos a mercê de pseudo-ídolos de alguns jogos, de alguns dirigentes mercenários e oportunos, e, o somatório de todo esse descaso: vândalos disfarçados de torcedores.

No outro lado, o rubro-negro apresenta novos reforços: O atacante Pedrão (ex-Barueri e Linense) e o experiente meio campista Geovanni (ex-Cruzeiro com passagem pela seleção). O primeiro chegou ao clube em boa situação física e poderá estar à disposição do técnico Antonio Lopes para o clássico. Já Geovanni, repatriado pelo clube, ainda precisará de pelo menos 15 dias para estrear no time, pois vinha sem jogar, segundo o site oficial do Vitória. No primeiro Ba-Vi do ano não vai faltar emoção e muita provocação!






2 comentários:

Igor sausmikat disse...

Faz total sentido,aliás todo o ba-vi daí da Bahia tem sempre pitadinhas de provocações e jogo aqui e ali.A fase atual nem dá pra indicar nada porque Bahia e Vitória andam mal das pernas,até os times da Copinha andam melhores que eles.
abraço e parabéns pelo o blog e quem disse q não viria aqui dar uma visitadinha hein!
até tá nos favoritos da página o teu lá!
Igor
meu blog: http://igoresportes.blogspot.com/ e no twitter pra quem quiser chegar e seguir e acompanhar @blogdoigor05

2 de fevereiro de 2011 19:31
Jean Francisco disse...

E ai Igor, blz?

Realmente a dupla Ba-Vi precisa melhorar e muito se quiserem algo de bom nesse ano.
Obrigado pela visita e seu bolg também está em meus favoritos.
Forte abraço.
Jean Francisco

3 de fevereiro de 2011 13:29